DE MOCHILA - Como desplazarse y dormir barato viajando/ Como se mover e dormir barato viajando.

 Llendo a Humahuaca - Argentina

Llendo a Humahuaca - Argentina

 

Unos de los grandes hechos de los 9 meses y medio de viaje, fue aprender a vivir con poca plata pero con salud y seguranza.  Es sabido que los gastos más costosos son con hospedaje y desplazamiento, al final, esto es viajar. Desplazarse y quedarse en lugares nuevos. Pero con una buena dosis de creatividad e investigación, se puede ahorrar mucho!

DESPLAZARSE

-DEDO: Si estás viajando en grupo o por países seguros, puedes intentar hacer dedo. Es muy común en Chile y Argentina, por ejemplo. Yo solo hice en Argentina y ¡fue súper! Conocí con una amiga francesa las salinas grandes en Purmamarca, ¡sin gastar nada! Pero también hay países que no son muy recomendables hacerlo, entonces depende de ti! Yo no tengo mucha experiencia en esa área, pero sé que hay muchas personas que viajan con poquísima plata, siempre haciendo dedo.

-BUS: Opción muy barata en prácticamente todos los países de América Latina (yo diría menos  en Brasil y Colombia). La manera de lograr valores baratos es yendo a la propia terminal, y si es de la cultura del lugar, preguntar los precios a distintas compañías e intentar bajarles/negociar. Eso es muy común en Bolivia, Perú.  Generalmente los mejores precios son en la tarde y en la noche, porque en la mañana todos viajan a trabajo. Bolivia tiene los mejores buses que he tomado en toda mi vida. Bus cama, televisión y comida. En Colombia es caro, pero hay buses con enchufe para cargar celular y uno que he tomado a Cartagena, ¡tenía incluso una televisión para cada!

Para cruzar fronteras (de un país al otro) por seguridad, sugiero tomar un bus que no te deje en la frontera, pero si en una ciudad ya bien adentro del país. Pero si quieres ahorrar, probablemente vale más la pena, tomar un bus hasta la frontera, cruzar a pie o taxi y tomar un bus en el otro lado de la frontera. Cuando la frontera es segura, está bien! Yo hice eso de Ecuador a Colombia y en el puesto de migraciones mismo, ¡he logrado un bus súúúúúper barato hasta Cali (negociando precio)!

- ALQUILER DE AUTOS: En muchos lugares esta es una alternativa interesante, porque te da más libertad para ir a ciudades y pueblos, donde no hay mucho o ninguno servicio de transporte. Es una opción bien económica también, si estás con otras personas y pueden dividir. También se puede chequear la oportunidad de sacar un auto en alguna ciudad y dejar en otra. Hay muchas plataformas, muy buenas y seguras, en internet, donde puedes alquilar vehículos, recomendamos http://www.viajemos.com/

DORMIR

Aquí seguramente además de ahorrar, puedes aprovechar para tener una inmersión cultural y hacer nuevos amigos. Además de baratas, hay opciones gratis!!

BUSES- Si viajas a noche, ahorras una diaria en algún hospedaje!! En Trujillo me quede solo un dia, deje mi equipaje en la agencia de ómnibus que viajaría y conoci la ciudad, por la noche viaje y asi ahorre!

COUCHSURFING- Esta plataforma fantástica ¡me ha salvado la vida! Es una plataforma donde haces tu perfil, cuentas de tu vida y puedes hospedar o ser recibida en una casa. Hasta ahora ya me he quedado en ocho (deben ser más jaja) casas e hice grandes amigos!! No pagas pero a veces te piden contribución con algo (a mi nunca pidieron) y es bueno comprar algo para compartir con sus anfitriones.

 Amigas que me hice por Couchsurfing y que me hospedaron en Copiapó - Chile.

Amigas que me hice por Couchsurfing y que me hospedaron en Copiapó - Chile.

ACOMODACIONES y HOSTALES SIMPLES – Antes de viajar a una ciudad puedes investigar una calle o región donde se queden las mayorías de los hostales, hoteles, pensiones etc.  No deje de chequear cerca del centro o en barrios bohemios, donde generalmente es más barato. Llegue por la mañana a los lugares y va preguntando de lugar en lugar e intentando negociar precios. Si de verdad quieres ahorrar, busque habitaciones compartidas (de preferencia con lugares para guardar tus cosas con seguridad). Prefieras acomodaciones improvisadas en casas y hostales simples, si quieres ahorrar, hostales muy turísticos no son tan baratos. Con este raciocinio he pagado 20 soles en habitación compartida con desayuno en Arequipa – Peru y 15.000 pesos colombianos en Cartagena, la ciudad más cara de Colombia!

AIRBNB – Esta es una nueva plataforma que puedes pagar precios más bajos para quedarse en la casa de alguien. Nunca he hecho, pero tengo amigos que si y parece una buena idea.

WORKAWAY – Puedes hacer trabajo voluntario en algún hostal/casa/comunidad y ganar hospedaje en intercambio.

¡Espero que les haya gustado mis sugerencias!! Un abrazo! 

 Vista de la cordillera en la frontera entre Argentina y Chile - viaje en bus de 40 horas

Vista de la cordillera en la frontera entre Argentina y Chile - viaje en bus de 40 horas

DICAS DE MOCHILA – como se locomover e dormir barato viajando

Um dos grandes feitos dos 9 meses e meio de viagem que tive com o projeto até hoje, foi aprender a viver com pouco dinheiro mas com saúde e segurança. É sabido que os gastos mais caro são com hospedageme transporte, pois ao final, isso é viajar. Se mover e ficar em lugares novos. Mas com uma dose de criatividade e investigação, se pode economizar muito!

SE MOVER

-Carona: Se você está viajando em grupo ou por países seguros, pode tentar pegar carona. É muito comum no Chile e na Argentina, por exemplo. Eu só peguei na Argentina e foi super legal!! Conheci com uma amiga francesa os desertos de sal em Purmamarca, sem gastar nada! Mas também existem países não muito recomendáveis para fazer isso, então depende de você! Eu não tenho muita experiência nessa área, mas sei que existem muitas pessoas que viajam com pouquíssimo dinheiro, sempre pegando carona.

-ÔNIBUS: Opção muito barata em praticamente todos os países da América Latina (eu diria menos Brasil e Colômbia). A maneira de conseguir preços baratos é indo à própria rodoviária, perguntar os valores para diferentes companhias e tentar negociar. Isso é muito comum na Bolívia e Peru. Geralmente os melhores preços são em horário de tarde e de noite, porque de manhã muita gente viaja a trabalho. Bolivia tem os melhores ônibus que peguei na minha vida. Leito, televisão e comida. Na Colômbia é caro, mas há ônibus com tomadas para carregar celular e um que peguei para ir a Cartagena tinha uma televisão para cada!

Para cruzar fronteiras (de um país para outro) por segurança, sugiro tomar um ônibus que não te deixe na fronteira, mas sim em uma cidade já bem dentro do país. Mas se você quer economizar, provavelmente vale mais a pena, pegar um ônibus até a fronteira, cruzar a pé ou taxi e pegar outro ônibus no outro lado da fronteira. Quando a fronteira é segura, tudo bem! Eu fiz isso do Equador a Colombia e na aduana mesmo, consegui um ônibus super barato até Cali (negociando preço)!

-ALUGUEL DE CARROS: Em muitos lugares essa é uma alternativa interessantes, porque te dá mais liberdade para ir a cidades e povoados, onde não há muito ou nenhum serviço de transporte. É uma opção bem econômica também, se você está com outras pessoas e podem dividir. Também é possível checar a oportunidade de pegar um carro em alguma cidade e deixar em outra. Há muitas plataformas, muito boas e seguras, na internet,  onde você pode alugar veículos, recomendamos http://www.viajemos.com/ .

 

DORMIR

Aqui certeza que além de economizar, você pode aproveitar para ter uma imersão cultural e fazer novos amigos. Além de baratas, existem opções grátis!!

ÔNIBUS – Se você viajar a noite, economiza um diária em algum hotel!! Em Trujilo – Peru fiquei só um dia, deixei minha bagagem na agencia de ônibus que viajaria depois e conheci a cidade, pela noite viajei e assim economizei!

COUCHSURFING- Essa plataforma fantástica me salvou a vida! É uma plataforma onde você faz teu perfil, conta a sua vida e pode hospedar ou ser recebida em uma casa. Até agora eu já fiquei em oito (devem ser mais haha) casas e fiz grandes amigos!! Você não paga mas as vezes vão te pedir contribuição com algo (para mim nunca pediram) e é bom comprar algo para compartilhar com seus anfitriões.

 Amigas que conheci pelo Couchsurfing e me receberam em Copiapó Chile

Amigas que conheci pelo Couchsurfing e me receberam em Copiapó Chile

ACOMODAÇÕES E HOSTEIS SIMPLES – Antes de viajar a uma cidade você pode investigar uma rua ou região onde fiquem a maioria dos hostéis, hotéis, pensões, etc. Não deixe de checar perto do centro ou em bairros boêmios, onde geralmente é mais barato. Chegue pela manhã aos lugares e vá perguntando e tentando negociar preços. Se de verdade quer economizar, procure quartos compartilhados (de preferência com lugares para guardar tuas coisas com segurança). Prefira acomodações improvisadas em casas e hosteis simples, se quer economizar, hostel muito turístico não são tão baratos. Com esse raciocínio paguei 20 soles em acomodação compartilhada com café da manhã em Arequipa – Peru e 15.000 pesos colombianos em Cartagena, a cidade mais cara da Colombia!!

AIRBNB – Essa é uma nova plataforma onde você pode pagar preços mais baixos para ficar na casa de alguém. Nunca fiz, mas tenho amigos que sim e parece uma boa ideia.

WORKAWAY – Pode fazer trabalho voluntario em algum hostel/casa/ comunidade e ganhar hospedagem em troca.

 

Espero que tenham gostado das minhas dicas!! Um abraço!

 Vista desde mi bus en Cotacachi Ecuador

Vista desde mi bus en Cotacachi Ecuador